Quarta-feira, 9 de Junho de 2004

Enleio



Toco-te com o meu olhar
Beijo-te com os meus dedos
E sinto teu doce palpitar
Num corpo cheio de medos
Olho-te com minhas mãos
E teço perfumes no ar
Onde ouves meus sussurros
Dizendo que te quero amar
Em teu rio que vem desse mar
Em tua Lua que me leva o luar
Nesse Sol que de tanto queimar
Me aquece a alma deste chorar
Perdido na sombra do querer
Acordar e olhar e te ver
Queda e bela a sorrir
Em borboletas que volteiam
Teus ombros de seda a cobrirem
Meus braços que te amparam
Tua face doce que me domina
Este desejo intenso neste sonho
Que ouço breve e depressa termina
indeterminado por quim às 11:02

link do post | indetermine | favorito
7 comentários:
De seil...... a 15 de Junho de 2004 às 15:13
Ah! já cá estás!!!!! Eu um destes dias escrevo. Um abraço
De inde a 12 de Junho de 2004 às 21:01
Obrigado pelas tuas palavras; sabes que te envio em dobro.
De cris a 12 de Junho de 2004 às 03:32
Que doce amar... sentir-se-à certamente uma princesa... um beijo cheio de ternura para ti, e o meu sorriso!
De inde a 11 de Junho de 2004 às 11:47
Obrigado Marta. **
De Marta a 11 de Junho de 2004 às 09:37
Adorei o poema, está lindo. Bjs
De inde a 10 de Junho de 2004 às 11:31
Obrigado. Para ti também um beijo.
De Aran_aran a 10 de Junho de 2004 às 00:07
Mas que poema delicioso... está magnífico... adorei... um doce beijo doce

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.últimas indeterminações

. eu

. floresta

. Saudade

. Aniversário

. Amar como o vento

. Gostoso

. Solidão

. Gostos

. Não sou aquário de signo,...

. pormenor

.torres do tombo

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds