Sábado, 20 de Março de 2004

Primavera

Deito-me na fragância que exalas
e suspiro de extremo e grato prazer;
olho o Sol com que me embalas
nesta tarde que é um amanhecer!
indeterminado por quim às 15:41

link do post | indetermine | favorito
|
6 comentários:
De inde a 24 de Março de 2004 às 08:25
A Primavera será sempre uma esperança. :) *
De Ltus a 24 de Março de 2004 às 02:16
Belas palavras ... despertam sentidos ..gostei muito..beijos ***
De inde a 21 de Março de 2004 às 15:44
Claro que sim; somos parte de tudo e tudo faz parte de nós.
De cruz a 21 de Março de 2004 às 14:46
Não será a expressão do bem estar da pertença ? A partilha da natureza que somos com tudo a que pertencemos ?
De inde a 21 de Março de 2004 às 13:44
Também amo as palavras que escreves.
De encandescente a 21 de Março de 2004 às 12:48
Adorei a tua 1ª frase: deito-me na fragancia que exalas. Gostei inde

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.últimas indeterminações

. eu

. floresta

. Saudade

. Aniversário

. Amar como o vento

. Gostoso

. Solidão

. Gostos

. Não sou aquário de signo,...

. pormenor

.torres do tombo

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds