Terça-feira, 27 de Abril de 2004

Agonia

Agonizo lentamente no beijo que não me deste
estremeço no desejo de o ter tido eterno
apenas sinto dor na carícia que me retiras
quando penso que não há Verão em qualquer Inverno.
Agonizo lentamente no abraço que me faz falta
estremeço no profundo anseio de o ter sentido forte
apenas diviso lágrimas na imensa loucura
quando caminho em direcção à tua morte.
Agonizo serenamente na dor que me cobre
estremeço de frio no túmulo da tua jazida
apenas limpando a dor da profunda desventura
da desdita corrida que fizeste contra a vida.
indeterminado por quim às 16:00

link do post | favorito
|
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.últimas indeterminações

. eu

. floresta

. Saudade

. Aniversário

. Amar como o vento

. Gostoso

. Solidão

. Gostos

. Não sou aquário de signo,...

. pormenor

.torres do tombo

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds